04
mar
09

Yukio Futagawa

Outro dia estava lendo uma Vogue dentro de um táxi e descobri Yukio Futagawa.

Anotei rapidamente o nome da minha agenda para pesquisar mais sobre ele.

Trata-se do maior fotógrafo de arquitetura do mundo, fundador da revista-referência “Global Architecture”.

O senhorzinho japonês, 76 anos, 1.60 m de altura, viajou os últimos 50 anos retratando os marcos da arquitetura mundial.

Já esteve algumas vezes no Brasil, a última foi em junho de 2008.

Trechos da matéria de Silas Martí para a Folha de São Paulo dessa última visita:

A cidade ainda acorda. Yukio Futagawa monta seu tripé e fica na ponta dos pés para fotografar o Auditório Ibirapuera. O japonês cerca os prédios como se fossem animais perigosos. Vai e volta, sem olhar no visor da câmera. Segura a respiração até ouvir o barulho do obturador.

Difícil imaginar que este velhinho que corre pelo gramado do Ibirapuera como se avistasse leões num safári, é amigo pessoal de Frank Gehry, conheceu Le Corbusier e Mies van der Rohe, descobriu Tadao Ando, principal nome da arquitetura japonesa atual. E cumprimentou Niemeyer pela primeira vez no exílio em Paris, nos anos 60.

Mas só agora está “flutuando”. É que ele acabou de armar um encontro entre o “mestre” Oscar Niemeyer e o premiado arquiteto português Álvaro Siza, no Rio.
Mesmo depois de visitar todas as grandes obras e conhecer os principais arquitetos do século 20, saiu da Casa das Canoas beliscando os braços para ter certeza de que não foi um sonho. Durante o encontro, fez 350 fotos em menos de uma hora. Ele não queria uma entrevista, pediu só para registrar tudo com sua câmera.

Talvez quisesse também reparar uma omissão. Nas mais de cem edições de sua revista, nenhuma capa estampou uma obra de Niemeyer -o campeão até hoje, e isso não é surpresa dada a paixão do fotógrafo pelo modernismo, foi Le Corbusier.
No encontro, Siza, que veio ao Brasil inaugurar seu projeto mais recente -a nova sede da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre-, elogiou a flexibilidade de Niemeyer, que consegue resolver todo um prédio com formas simples. Niemeyer retribuiu dizendo que se impressionava com a forma que Siza trabalhava o concreto.

Juntar arquitetos é meta declarada da carreira de Futagawa, que levou Frank Gehry ao encontro de Philip Johnson, mestre da Escola de Chicago que até então desprezava o canadense-californiano por trás do Guggenheim de Bilbao, e mostrou pela primeira vez a casa Katsura, marco da arquitetura japonesa, a Le Corbusier. Também apresentou o francês vencedor do último prêmio Pritzker Jean Nouvel a Álvaro Siza, que agora se reuniu com Niemeyer, no Rio.

“Foi inesquecível, esse encontro vai ficar para sempre no meu coração”, disse Futagawa à Folha, numa conversa no terraço do hotel Unique, projeto de Ruy Ohtake em São Paulo. Ele passara a manhã clicando os prédios de Niemeyer no Ibirapuera e fora ao hotel para retratar sua fachada ao cair da noite, imagem cotada para um número especial de sua revista.

“Não, o modernismo não morreu.” Futagawa diz que além de rever Niemeyer, descobriu Vilanova Artigas nesta viagem ao Brasil -ficou boquiaberto com a FAU-USP. “É de uma proeza impressionante como ele usa o concreto com força, de forma plástica.”

No Brasil, acredita que os arquitetos continuam criando projetos de peso, desdobrando preceitos do modernismo de forma original. “Fui contra o pós-modernismo”, admite Futagawa. “O modernismo não tem nem cem anos, é muito cedo para declarar sua morte.”
Anúncios

1 Response to “Yukio Futagawa”


  1. 1 Rodrigo Zapico
    18/03/2009 às 9:54 AM

    Oi Luciana!!

    Nossa, li alguns de seus postas achei bastante bacanas!
    Também vou seguir acompanhando por aqui!

    Até mais!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Agenda

março 2009
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

    follow me on Twitter


    %d blogueiros gostam disto: